Está à procura de um visto para Guiné?
ÁfricaGuiné

Como obter um visto para a Guiné

por Melissa Mendes | sex 09 abr 2021
Como obter um visto para a Guiné

A Guiné Equatorial foi ocupada por várias civilizações ao longo da história. 
Os portugueses foram os primeiros a se estabelecer na região;os ingleses fundaram a cidade de Clarence, a atual capital do país chamada Malabo;finalmente, foi colonizado pela Espanha por 400 anos, resultando na independência em 12 de outubro de 1968 do povo da Guiné Equatorial. 
Tudo isso deu a esta pequena região uma variedade cultural muito diferente do resto de seus vizinhos. Principalmente por causa da influência espanhola. 
Esta cultura adquiriu-se com a enorme riqueza cultural dos povos indígenas o que faz da Guiné Equatorial um lugar muito rico em mitos e tradições, das histórias da Mãe Bisila às tradições mais profundas do povo Fang.

Precisa de visto para viajar para a Guiné?

Sim, para entrar no país, seja qual for o motivo da nossa viagem, devemos solicitar um dos vistos oferecidos pelo governo.
Existem diferentes tipos de vistos e dependendo das nossas necessidades teremos que escolher o que mais nos convém. Os vistos mais comuns, podemos facilmente solicitá-los pela internet, de forma rápida e intuitiva e sem a burocracia das embaixadas.

Tipos de vistos

Dependendo da atividade que vamos desenvolver no país, existe um visto e um prazo estabelecido para este fim:

Visto de turista

Este visto é concedido a cidadãos estrangeiros que pretendam entrar na Guiné por um período não superior a 30 dias, com uma entrada única, ou por um período não superior a 90 dias com entradas múltiplas.

Visto de transbordo

Este visto é emitido para cidadãos estrangeiros que entram no país para fazer escala no país de destino final. É válido por 3 dias.

Visto de trânsito

Este visto é concedido a cidadãos estrangeiros que entram no país por via marítima, para fazerem uma mudança de barco até o seu destino final. É válido por 3 dias.

Visto de longo prazo

Os vistos de longa duração devem ser processados ​​por cidadãos estrangeiros que desejam permanecer na Guiné uma vez que seu visto por um período de 3 meses tenha terminado. Uma vez processado, será válido por 1 ano a partir da data de emissão.

Visto de entradas múltiplas

Este visto só é permitido para processar cidadãos estrangeiros de países com tratados especiais na Guiné, que são elegíveis para este fim. Sua validade varia entre 3 e 5 anos, dependendo do compromisso bilateral entre a República da Guiné e os países do tratado.

Visto de extensão

Este visto deverá ser processado por cidadão estrangeiro que necessite de prorrogação do visto anterior, este terá a mesma duração do anterior.

Visto de serviço, visto diplomático e visto de cortesia

Esses três tipos de visto requerem o convite de um funcionário ou de uma alta posição no país. Sua duração dependerá das funções a serem desempenhadas.

Como solicitar um visto para a Guiné?

Os vistos mais comuns para viajar para a Guiné são vistos de turista, transbordo, trânsito e de longa duração. 
Todos eles podem ser solicitados eletronicamente através do site oficial do governo, ou por meio de empresa especializada em processamento de vistos como a visagov.com, que nos auxiliará em todo o processo.
Também podemos ir pessoalmente à embaixada do país para realizar o procedimento, e também podemos processá-lo à chegada ao aeroporto da Guiné, embora esta seja a opção menos aconselhável, uma vez que o tempo de espera será maior, e em caso de qualquer inconveniente , será difícil consertá-lo do aeroporto.
O resto do visto temos de ir, pessoalmente, à embaixada ou consulado mais próximo do nosso local de residência.

Quem precisa de visto para a Guiné?

Todos os cidadãos estrangeirosque desejam viajar para a Guiné devem se inscrever, exceto para alguns países que têm acordos bilaterais com o governo da Guiné, como: Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Costa do Marfim, Gâmbia, Gana, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa e Togo.
Você pode usar esta tabela de elegibilidade para verificar sua nacionalidade.

Quais são os requisitos necessários para solicitar um visto para a Guiné?

Para processar vistos de turista, transbordo e trânsito, a documentação necessária é:

- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Passaporte ou documento de viagem válido.
- Cópia digitalizada de dados pessoais de um passaporte válido.
- Passagem aérea de volta.
- Certificado de Febre Amarela.
- Fundos suficientes para cobrir as despesas durante a estadia.
- Comprovante de acomodação.

Para processar um visto de longo prazo, você precisa de:

- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Passaporte válido (6 meses a partir da data de entrada).
- Cópia digitalizada de dados pessoais de um passaporte válido.
- Cópia digitalizada do visto anterior (visto de extensão).
- Passagem de volta válida.
- Certificado de Febre Amarela.
- Garantia de repatriação.

- Fundos suficientes para cobrir as despesas durante a estadia.

- Contrato de trabalho aprovado pelas autoridades para estrangeiros que desejam exercer atividade remunerada na Guiné, ou:
- Autorização para o livre exercício da profissão ou promoção de atividade agrícola, industrial, comercial, artística ou outra, emitida pelas autoridades competentes.
- Escritura que comprove relação conjugal (para o cônjuge), ou relação parental para filhos menores.
- Um certificado de registro ou novo registro emitido pelas autoridades de uma instituição (alunos).
- Um contrato de estágio (para estagiários).

Para processar um visto de entrada múltipla, você precisa:

- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Cópia digitalizada de dados pessoais do passaporte válido.
- Bilhete de volta.
- Certificado de Febre Amarela.

Para processar um visto de extensão, você precisa:

- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Cópia digitalizada de dados pessoais de um passaporte válido.
- Uma cópia digitalizada do visto anterior, seja de entrada única ou múltipla.

Para processar um visto de serviço, você precisa:

- Passaporte válido ou documentos de viagem.
- Cópia digitalizada de dados pessoais de um passaporte válido.
- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Carta da missão a realizar no país.

Para processar um visto diplomático, você precisa:

- Passaporte diplomático ou ordinário.
- Cópia digitalizada de dados pessoais de um passaporte válido.
- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Carta-convite do corpo diplomático ou das associações aderentes.

Para processar um visto de cortesia, você precisa de:

- Passaporte válido ou documentos de viagem.
- Cópia digitalizada de dados pessoais de um passaporte válido.
- Fotografia tamanho passaporte com fundo branco.
- Carta de convite.

O visto para a Guiné pode ser modificado depois de processado?

O pedido de visto pode ser modificado enquanto está em andamento. Uma vez aprovado ou em revisão, o sistema não permitirá mais alterações e teremos que fazer um novo visto, assumindo o novo custo das taxas correspondentes.

Quanto custa um visto para a Guiné?

As taxas governamentais para vistos que podem ser processados ​​online são as seguintes:
- Visto de turista de 30 dias, com apenas entrada: 60 USD
- visto de turista de 90 dias. Com várias entradas: 80 USD
- Visto de transbordo: 50 USD
- Visto de trânsito: 50 USD
- Visto de longa duração: 150 USD
- Visto de extensão: USD 30

Com que antecedência devo solicitar um visto para a Guiné?

Após a apresentação do pedido, os prazos de processamento e entrega dos vistos variam entre 3 e 5 dias úteis.
É aconselhável processar nosso visto pelo menos 15 ou 20 dias antes de nossa viagem. Caso o procedimento seja por meio da embaixada, devemos realizar nosso procedimento com pelo menos 1 mês de antecedência.

Quais são as fronteiras de entrada para a Guiné?

A entrada mais comum ao país é pelo Aeroporto Internacional de Conakry, também conhecido como Aeroporto Internacional de Gessia, localizado na mesma cidade de Conakry. Este aeroporto é a principal porta de entrada do país e de onde chega a grande maioria dos viajantes estrangeiros. 
Existem também entradas de terra pelas quais se pode entrar no país. Podemos fazê-lo por via terrestre com Danan, da Costa do Marfim, por Bamako, do Mali e por Tambacounda do Senega.
Se quisermos passar por um desses postos de fronteira terrestre, além do visto, devemos portar uma série de autorizações que devem ser solicitadas pessoalmente em uma embaixada. 
Outra opção é entrar de barco da vizinha Guiné-Bissau, de Bamako (Mali) ou de Freetown (Serra Leoa). Porém, alguns desses barcos operam apenas em épocas de chuva, e não possuem horários definidos. Normalmente são usados ​​para visitas rápidas, excursões ou como conexão para viajar a um terceiro país, portanto, o visto de trânsito será suficiente.
É aconselhável entrar em contato com a embaixada antes de tentar acessar o país de barco, pois as mudanças contínuas nos serviços exigem autorizações especiais.

É necessário se vacinar para viajar para a Guiné?

Sim, é obrigatório estar vacinado contra Febre Amarela, e apresentar a carteira de vacinação. 
E embora não sejam obrigatórios, é aconselhável vacinar-se contra Tétano-difteria e Tétano-difteria-coqueluche, Tríplice Viral (Sarampo, Rubéola e Caxumba) e Hepatite A. 
Por ser uma cidade onde ainda existem doenças endêmicas como a malária, é conveniente fazer um tratamento preventivo contra essa doença.

Qual é a moeda da Guiné?

A moeda oficial do país é o franco- guineense (GNF) e está dividida em 100 centavos. Este tipo de moeda só pode ser trocado dentro do país, em bancos e estabelecimentos devidamente autorizados. 
Nunca devemos mudar na rua, é ilegal e corremos o risco de sermos sancionados. 
Os pagamentos com cartão são muito raros e será muito difícil pagar com eles. 
Ao sair do país devemos ter presente que, no máximo, podemos levar 100.000 francos guineenses (12 euros) de forma simbólica e como lembrança.

Qual é a melhor época para viajar para a Guiné?

As temperaturas são agradáveis ​​durante toda a época do ano, variando entre 26 ° C (julho) e 30 ° C (abril). A temperatura do mar é agradável durante todo o ano. Geralmente varia entre 27 ° C e 29 ° C. Os meses mais chuvosos são junho, julho e agosto. Recomendamos o mês de janeiro, fevereiro, março, abril e dezembro para visitar a Guinea.

É seguro viajar para a Guiné?

A Guiné costuma ser uma nação perigosa e na história da África sempre foi um dos países instáveis deste continente. 
Não se deve confiar na polícia, todos os policiais estão envolvidos no crime e se concentram nos estrangeiros. Portanto, é basicamente um país cheio de crime e ilegalidade, onde ninguém é confiável. 
Existem crimes não violentos na forma de aldravas e ladrões de carteiras, e também existem crimes violentos, especialmente na forma de assaltos à mão armada, agressões e assaltos. 

Dicas importantes para viajar para a Guiné

-Tenha cuidado quando você chegar ao aeroporto, porque é o lugar mais comum onde os criminosos podem atacar você e seguir você. Também tenha muito cuidado com mercados tradicionais e áreas próximas a hotéis e restaurantes frequentados por estrangeiros. 
-A homossexualidade é ilegal na Guiné e sanções passam da multa a 3 anos de prisão, por isso, se você é um membro da comunidade LGBT, evite ir para a Guiné ou simplesmente evitar qualquer manifestação pública de afeto. 
-Note que o sistema médico da Guiné está em mau estado, para que o próprio país seja vulnerável a epidemias e doenças. 
-Evite ajuda não solicitada ou ajuda nos aeroportos e hotéis porque pode ser facilmente um golpe para roubar sua bagagem, sua bolsa ou sua bolsa. 
-Além disso, tenha em mente que a pobreza na Guiné é esmagadora, então há tantos golpes e golpistas tentando aproveitar você. 
-Devemos ir ao país com um roteiro planejado, evitando sair a noite e seguindo as recomendações que o governo estabelece. 
-É melhor viajar ao país com uma viagem organizada por uma agência qualificada. 
- É totalmente proibido tirar fotos em áreas militares, palácios, residências oficiais, postos de comando, etc. 



Sobre o autor
Melissa Mendes

Melissa Mendes
Olá, o meu nome é Melissa, sou uma pessoa dinâmica e adoro viajar. Quando não posso viajar, gosto de ler e aprender sobre a cultura de diferentes países e desta forma ajudar todas as pessoas que como eu gostam de viajar, ajudando assim a poder conhecer e descubrir os países que vão ou querem visitar.


Obtenha o seu visto

Está à procura de um visto para Guiné?