Está à procura de um visto para Quênia?
ÁfricaQuênia

Como obter um visto para o Quênia

por Melissa Mendes | Mon 22 Mar 2021
Como obter um visto para o Quênia

O Quênia não é apenas o país dos safáris, é a essência da África. As infindáveis ​​planícies de Masai Mara repletas de vida selvagem, os lagos Naivasha e Nakuru povoados por milhares de pássaros e paisagens de beleza incomparável, a reserva Samburu com sua incrível vida animal, a magia de Amboseli com o KIlimanjaro, junto com a extraordinária bondade e a cordialidade de seu povo, fazem deste destino um lugar único no mundo.

Você precisa de visto para viajar para o Quênia?

Sim, você precisa de um visto para viajar para o Quênia. Dependendo do motivo da viagem, precisaremos de um visto ou outro.

Tipos de vistos

Existem diferentes tipos de autorizações (vistos) para entrar no país:

Visto da África oriental (East African)

Este visto nos permite viajar por três países, Quênia, Uganda e Ruanda por um período máximo de 90 dias, para turismo. Com um único visto podemos entrar e sair dos três países. Este visto deve ser solicitado no primeiro país que iremos visitar.
Podemos solicitá-lo online a qualquer um dos três governos, ou por meio de uma empresa especializada como a visagov.com, que nos ajudará no processamento.

Visto de entrada única

Este visto nos permite entrar no país e permanecer no país por no máximo 90 dias. Só é válido para uma entrada, se sairmos do país e quisermos voltar a entrar (mesmo que não tenham passado os 90 dias), devemos voltar a candidatar-nos. Este visto pode ser solicitado para fins turísticos, visitas a familiares, negócios ou visitas médicas.

Visto de entradas múltiplas

Este visto permite-nos entrar e sair do país várias vezes (entradas múltiplas), por motivos de turismo, visitas a familiares, negócios ou tratamentos médicos. Podemos solicitá-lo com uma validade de 3 a 12 meses. Durante o tempo que estiver em vigor, poderemos sair e entrar no país quando for necessário, sem ter que solicitar qualquer outra autorização.

Visto múltiplo de 5 anos

Este visto é praticamente igual ao visto múltiplo normal, mas com validade de 5 anos. Permite-nos entrar e sair várias vezes do país (entradas múltiplas), por motivos de turismo, visitas a familiares, negócios ou tratamentos médicos. O que devemos levar em consideração para solicitar este visto é a validade do nosso passaporte. Para que o visto seja lucrativo, nosso passaporte deve ter no mínimo 5 anos e 6 meses de validade. Não poderemos usar o visto por 5 anos se nosso passaporte expirar antes.
Durante a vigência do passaporte e do visto, podemos sair e entrar no país quando for necessário, sem ter que solicitar nenhuma outra autorização.

Visto de trânsito

Devemos solicitar este visto se só vamos chegar ao país fazendo uma escala em nosso voo, sem que o Quênia seja nosso destino final. É válido por 72 horas, que é o que podemos estar no país. Se nossa permanência for superior a essas horas, devemos solicitar um visto de entrada.

Visto de negócios

Este visto é necessário para todas as pessoas que viajam ao país com fins comerciais. Não é permitido trabalhar no país com este tipo de visto, mas sim fazer reuniões, participar de convenções, etc. É válido por 90 dias a partir do momento de sua entrada no país.
Se quisermos trabalhar no país, devemos entrar com um visto temporário e a partir daí processar o visto de trabalho correspondente.

Visto de cortesía

Este visto é para cidadãos que possuem passaporte diplomático, oficial ou de serviço e que visitam o país em missão oficial. Se o Quênia não for seu destino final, mas você tiver que transitar pelo país, este também é o visto correto. É também o visto concedido a funcionários e dignitários do governo para o desempenho de funções oficiais e que possuam passaporte normal.
Se a nossa intenção é viver ou trabalhar no Quênia, devemos entrar no país com um visto de entrada único e, uma vez no país, processar as autorizações de trabalho ou residência das entidades governamentais do país.

Como solicitar um visto para o Quênia?

Todos os vistos, exceto para residir ou trabalhar pessoalmente no país, podem ser processados ​​online. O Quênia é um país muito acostumado a receber turismo e, nos últimos anos, tem agilizado a emissão de autorizações de entrada (vistos), podendo ser processados ​​online, evitando que tenhamos que viajar para as embaixadas.

Quem precisa de visto para o Quênia?

Atualmente 148 países precisam de visto para entrar no Quênia. Existem poucos países que estão isentos de requerer um visto, e aqueles que são países vizinhos como Uganda e Zâmbia. Em contraste, os cidadãos do Iêmen não têm permissão para entrar no Quênia.
Crianças menores de 16 anos estão isentas de solicitar visto. Cidadãos europeus, devemos solicitar um visto para viajar para o Quênia.
Podemos verificar nosso verificador de elegibilidade para descobrir a situação específica de cada nacionalidade.

Quais são os requisitos para solicitar um visto para o Quênia?

A documentação necessária para o processamento de um visto varia de acordo com o tipo de visto.
Uma exigência obrigatória e unânime para todos os vistos é a vacinação contra a febre amarela.
Para o visto de turista (em todas as suas categorias), o visto da África Oriental e o visto de trânsito, sempre para viajar em turismo ou em família, necessitamos de:
- Passaporte válido por mais de 6 meses antes da viagem.
- Foto recente em tamanho passaporte.
- Reserva de hotel e recibo de voo onde são visíveis as datas de entrada e saída do país.
Para o visto de negócios, você precisa de:
- Passaporte válido por mais de 6 meses antes da viagem.
- Fotografia da primeira página do passaporte.
- Fotografia recente, tamanho passaporte, com não mais de 6 meses.
- Documento de viagem adicional, que pode ser um recibo de voo ou reserva de hotel.
- Certificado de registro da empresa.
- Identificação da pessoa que contrata.
- Identificação do Quênia.
- Passaporte da pessoa que o valida.
- Fotografia da página do passaporte do status de imigração.

O visto queniano pode ser modificado depois de processado?

Não, não é possível alterar o visto depois de processado. Se por algum motivo alguma informação ou data do visto estiver incorreta, um novo deve ser solicitado, e as taxas de visto correspondentes devem ser pagas novamente.

Quanto custa um visto para o Quênia?

Existem diferentes vistos, com diferentes taxas governamentais:
- Visto de turista ou de negócios tem um custo de 51€
- O visto para a África Oriental tem um custo de 101€
- O visto de trânsito tem um custo de 21€
Esses preços incluem apenas taxas governamentais.

Com que antecedência preciso solicitar um visto do Quênia?

Normalmente, os vistos de turista, negócios e trânsito processados ​​online têm um tempo médio de processamento de 5 dias úteis.
Porém, não devemos confiar em nós mesmos e devemos solicitar (sempre que possível) nosso visto pelo menos 15 dias antes de nossa viagem.
Se, ao contrário, processarmos pessoalmente o nosso visto de uma embaixada, o tempo recomendado para solicitá-lo é de 1 mês

Quais são as fronteiras de entrada para o Quênia?

O Quênia está perfeitamente conectado por via aérea com o resto do mundo. Possui alguns aeroportos, quatro deles internacionais. Por todos os seus aeroportos poderemos transitar com o visto eletrônico. Dependendo da região do país que vamos visitar, ou da empresa com a qual vamos voar, devemos escolher um ou outro.
Os mais viajados internacionalmente são:
- O Aeroporto Internacional Jomo Kenyatta (NBO), é o aeroporto mais importante do país, localizado em Nairóbi, a 15 km do centro da cidade.
- O Aeroporto Internacional Moi (MBA), também denominado Aeroporto de Mombaça, localizado nesta cidade, é o segundo aeroporto mais importante do país.
- O Aeroporto Internacional de Kisumu (KIS), é o terceiro aeroporto em movimento de passageiros do país. Localizado em Kisumu.

Quais são as fronteiras de entrada para o Quênia?

O Quênia está perfeitamente conectado por via aérea com o resto do mundo. Possui alguns aeroportos, quatro deles internacionais. Por todos os seus aeroportos podemos transitar com o visto eletrônico. Dependendo da região do país que vamos visitar, ou da empresa com a qual vamos voar, devemos escolher um ou outro.
Os mais viajados internacionalmente são:
- O Aeroporto Internacional Jomo Kenyatta (NBO), é o aeroporto mais importante do país, localizado em Nairóbi, a 15 km do centro da cidade.
- O Aeroporto Internacional Moi (MBA), também denominado Aeroporto de Mombaça, localizado nesta cidade, é o segundo aeroporto mais importante do país.
- O Aeroporto Internacional de Kisumu (KIS), é o terceiro aeroporto em movimento de passageiros do país. Localizado em Kisumu.
- Aeroporto Internacional de Eldoret (EDL), localizado no oeste do Quênia, na cidade de Eldoret.
Também é acessível por barco (pequeno) das ilhas de Zanzibar ao porto de Mombasa. Também podemos chegar a este porto de um navio de cruzeiro que faz a rota africana.
Para entrar por via marítima também é válido o visto eletrônico, que recomendamos que seja aprovado antes de iniciar a viagem.

É necessário se vacinar para viajar para o Quênia?

Para viajar para o Quênia é preciso estar vacinado contra a febre amarela, é uma vacina obrigatória. Não vão nos pedir para processar o visto, mas vão pedi-lo na entrada do país.
Esta é a única vacina obrigatória, embora existam outras vacinas recomendadas, como vacinas contra tétano, febre tifóide, malária, cólera e hepatite A e B.
Devemos sempre ir ao nosso centro internacional de vacinação para nos informarmos corretamente sobre as vacinas necessárias e as mais recomendadas para o nosso caso particular.

Qual é a moeda do Quênia?

A moeda oficial do país é o xelim queniano (KES / KSH).
Em lugares muito turísticos como Nairóbi ou Mombaça, podemos pagar em dólares americanos, embora seja melhor trocar a moeda e pagar com o país. Podemos fazer câmbio na chegada ao aeroporto, nos principais bancos ou em casas de câmbio.
É importante levar sempre dinheiro em espécie, pois fora das principais cidades será difícil trocar de moeda ou pagar com cartão de crédito. Os cartões de crédito estão lentamente chegando ao país, embora, no momento, não possamos usá-los em todos os lugares.

Qual é a melhor época para viajar para o Quênia?

Evite a estação chuvosa para descobrir as paisagens fantásticas do Quênia, sua diversificada fauna e suas praias. As temperaturas são muito agradáveis  durante todo o ano.
Os melhores meses para visitar o Quênia são janeiro e fevereiro: as temperaturas são agradáveis  e o clima é seco. Você pode observar as aves que estão muito presentes nesta época do ano. Você também pode ir entre junho e setembro. Os meses de março a maio são bastante chuvosos, por isso é melhor evitar eles. Também pode viajar entre outubro e dezembro, mas é melhor evitar: as fortes chuvas são bastante frequentes.
É melhor adaptar as datas de partida à região que você planeja visitar porque o país tem uma grande diversidade climática.

É seguro viajar para o Quênia?

É muito importante que você conheça a real situação para onde pretende viajar. Conhecendo as circunstâncias do seu destino, você pode aproveitar ao máximo sua viagem.
Quanto aos possíveis riscos inerentes à cidade, como furtos, assaltos ou acidentes, o Quênia não apresenta um alto perigo. Na verdade, existem outros países mais turísticos onde as chances de roubo ou acidente são muito maiores do que no Quênia, como cidades bem conhecidas.
Um dos maiores perigos do Quênia são as doenças. É uma área endêmica de malária e ainda há fortes surtos de cólera. Devemos sempre levar repelente e mosquiteiro, se possível.

Dicas importantes para viajar para o Quênia

-No Quênia, a homossexualidade é um crime punível com prisão, portanto, manifestações públicas de amor não são apropriadas.
-O estado das ruas é deplorável, por isso não é aconselhável um meio de transporte como o matutos ou os casamentos que não cumprem as normas legais e são bastante perigosos. É aconselhável viajar de táxi.
-É aconselhável trazer boas câmeras, pois as fotos que você aceita são simplesmente deslumbrantes.
-A grande maioria dos quenianos fala inglês, a língua oficial do país, enquanto Naili é a língua nacional.
- Não devemos comer alimentos crus ou restaurantes, ou luz nas estradas, principalmente beber água em garrafas.
- Principalmente no caso do realizar um safári, é preciso respeitar os animais.
- Proteja-se contra picadas de mosquitos, principalmente nas áreas rurais e litorâneas, pois eles podem transmitir doenças como malária ou dengue.
-É aconselhável levar consigo um adaptador para não ter qualquer desagrado.


Sobre o autor
Melissa Mendes

Melissa Mendes
Olá, o meu nome é Melissa, sou uma pessoa dinâmica e adoro viajar. Quando não posso viajar, gosto de ler e aprender sobre a cultura de diferentes países e desta forma ajudar todas as pessoas que como eu gostam de viajar, ajudando assim a poder conhecer e descubrir os países que vão ou querem visitar.


Obtenha o seu visto

Está à procura de um visto para Quênia?