ETIAS

O que é o ETIAS?

O Sistema Europeu de Autorização de Viagens e Informação (ETIAS) é um programa de isenção de vistos criado pela União Europeia, para proteger e reforçar as suas fronteiras. É uma autorização electrónica que permite aos nacionais isentos de visto viajar para o Espaço Schengen sem o incómodo de obter um visto. A obtenção desta autorização permitirá aos viajantes elegíveis a entrada no Espaço Schengen por um período máximo de 90 dias. Isto permitir-lhes-á também circular livremente entre os países Schengen. Note-se, contudo, que a autorização ETIAS não substitui um visto de estudante ou de trabalho. É exclusiva apenas para fins turísticos e de negócios. Quem desejar permanecer na Europa por mais de 90 dias por qualquer razão, terá de obter o visto adequado à sua situação.

Este visto europeu único deveria ser efectuado no final de 2022, mas tudo indica que haverá um adiantamento de datas, e poderá ser implementado, dependendo da evolução da COVID-19 em meados de 2021.
Pedido em Linha do visado de Europa

Nossos clientes dizem

4.8em Google logo
Tive muitas dúvidas ao solicitar o visto. Pois me parece bastante complicado ir à embaixada e toda a papelada. Eles solu...
Ana
4.0
Atendimento e atenção online muito eficiente e decisivo, consegui meu visto oficial em poucas horas. Eles têm uma equipe...
Albert
5.0
Eles sabem o que estão fazendo, com rapidez e eficiência, é apreciado que em um assunto tão delicado eles sejam tão prof...
José
5.0
Processamento de visto rápido e fácil. Recomendado
Carlos
5.0

ETIAS: Mais Informações

ETIAS será o novo requisito de viagem para todos os cidadãos dos 62 países que até agora estavam isentos da obrigação de visto para viajar para o espaço Schengen. O principal objectivo desta autorização de viagem é o de aumentar a segurança e reforçar o controlo fronteiriço. A verificação da identidade das pessoas que viajam para a Europa é indispensável para a segurança dos cidadãos europeus e, portanto, para poder prevenir possíveis ameaças ou ataques terroristas, bem como para poder regular a imigração ilegal, promover o turismo seguro e ajudar o crescimento económico da União Europeia.